sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Quando eu for linda e magra eu serei feliz comigo mesma

Deixe um comentário!

Muitas pessoas estão constantemente buscando serem magras e lindas para sentirem-se bem com elas mesmas. A questão sempre é, como mudar minha aparência externa?  São dúvidas sobre perda de peso, queima de gordurinhas que não existem, melhorar a pele, cabelo, fazer lipoaspiração, colocar silicone e a lista segue ...

Porém há  uma questão fundamental debaixo de tudo isso que muitos não se questionam .
 Por que é que nós , em algum nível sentimos que não somos bons o suficiente do jeito que somos ?
Quem nos ensinou que precisamos vestir um certo número de calça para sermos felizes?

 Quando foi decidido que precisamos nos parecer com tal ou tal atriz ou ator da Globo para sermos felizes com o que vemos no espelho?   Sim, queremos ser saudáveis . Sim, queremos nos sentir bem. Mas este mundo ( especialmente este estranho de mídia social) é tão cheio de expectativas irrealistas que simplesmente ninguém pode viver feliz com o que se tem.Há sempre uma nova tendência de moda a ser seguida, um novo tamanho de peito aceitável, um novo corte de cabelo a ser copiado.

Todos nós temos nossas imperfeições, nossos dias ruins, nossos sentimentos de não sermos bonitas o suficiente, boa profissionalmente suficiente. Todos temos os dias que nos sentimos insignificantes, emocionais, fora de equilíbrio, choramos até dizer chega por não entender certos aspectos das nossas vidas ou porque ficamos tristes com injustiças que acontecem pelo mundo. É impossível por mais iluminado, bonito, fashion do que se possa ou se tente se mostrar, todos nós temos nossas fraquezas. E tudo bem nos sentirmos assim de vez em quando ...

A grama é sempre mais verde no jardim do vizinho.



  Precisamos parar de nos comparar com os outros e começar a amar a nós mesmos , do jeito que nós somos. Ame seu corpo . Ame sua alma e seu jeito de ser. É claro que temos muita dificuldade em encontrar um exercício ou rotina de dieta para manter a todo custo, se sentimos que precisamos é porque , no fundo, sentimos que não somos bons o suficiente como os outros.
Dizer a si mesmo que você não é bom o suficiente, não é amar a si mesmo . Olhando no espelho e vendo apenas falhas não é amar a si mesmo .  Fazer exercícios ou dieta simplesmente porque você quer mudar o seu corpo não é amar a si mesmo . Não estou aqui dizendo que exercícios  não são bons para você, muito pelo contrário. É a forma como olhamos para nós mesmos que precisa ser mudada. A coisa mais difícil não é encontrar um exercício ou rotina de dieta para manter, mas para aceitar profundamente que já estamos bem. Você está bem. Está mais do que bem ! Você é linda, do jeito que você é.

Mude!
Em vez de pensar que você precisa mudar o seu corpo para que você possa amar o seu corpo ( " depois que eu perder 20 quilos, eu vou ser feliz com quem eu sou " ) , faça o contrário,  ame seu corpo de modo que você possa mudá-lo .
 Ame seu corpo!  Ame a você mesmo!

Você acha que olhando para si mesmo no espelho enquanto corre na esteira com sua mandíbula apertada e fechada é bom para seu corpo? Pense novamente . Você acha que tirando a alegria de comer uma deliciosa comida é bom para seu corpo? Pense novamente .

Somos seres energéticos. O que você enviar , você recebe de volta . Se você não quer que toda a sua vida gire em torno da forma de seu corpo físico (que no grande esquema das coisas é tão insignificante !).  Precisamos perceber isso e fazer mudanças fundamentais a partir do seu interior.

 Yoga é bom, porém  também pode ser feita de  uma maneira errada. Quando praticamos sem consciência, podemos definitivamente comparar a correr na esteira com os  maxilares cerrados. Você está em seu corpo quando no tapetinho? Ou em sua mente? Você está sentindo o momento? Ou você está pensando no que vai fazer depois? No amanha? No dia que ficou para trás?  Nossas mentes podem transformar qualquer coisa em ego. É por isso que , mais uma vez , é preciso voltar a um lugar de amor .

A coisa boa sobre Yoga é que ele é tão aberto, tão amoroso, que todos nós podemos fazê-lo, não importa nossa idade ou tipo de corpo. Podemos praticar quando estamos cansados ​​ou energizados,  de dia ou de noite ... enquanto a respiração está lá. A prática de Yoga ajuda, porque a única coisa que nos fere a longo prazo é a nossa mente , e não nosso corpo. Podemos pesar  500 kg , mas isso por si só não vai nos fazer infelizes . É a percepção da nossa mente sobre este fato que vai nos fazer infelizes. Sabe o que eu quero dizer? É o pensamento que nos fere. "Eu deveria"  ou " não devem " ou "eu seria melhor se ... " ... esta é a razão pela qual nos sentimos tão inadequados.
Yoga ajuda a acalmar a mente, para que possamos nos libertar desses padrões de pensamento destrutivos.
Mesmo se eu sou uma supermodelo ou a pessoa mais inteligente do mundo , minha mente vai continuar a tentar encontrar a "próxima " coisa para consertar. É por isso que nós temos que ir no interior para encontrar esse equilíbrio e felicidade , e não tentar consertar o lado de fora .

O exercício é bom e cuidar do nosso corpo é bom, mas precisamos fazê-lo conscientemente. Quando percebemos que já somos bonitos,  inteligentes ,  perfeitos , tudo começa a fluir de modo natural. Assim começamos a tomar decisões diárias que vão curar o nosso corpo. E assim, boas escolhas começam a se tornar algo natural, pois desenvolvemos amor por nós mesmos. Por isso, será natural comer uma fruta em vez de um doce, para se mover ao invés de ficar parado, para meditar ao invés de correr loucamente, comer refeições nutritivas e puras ao invés de alimentos que denigrem a nossa saúde e a saúde do planeta.

Encontrar um equilíbrio na vida leva bastante tempo,  eu ainda luto todos os dias buscando-o . Encontre o que te faz feliz, aceite os seus altos e baixos e lembre-se:   isto também passará !!!

Fique lindo/a, por dentro e por fora. Ame seu corpo. Ame sua alma J

Namastê! 

0 comments:

Postar um comentário